A (IN)VISIBILIDADE DA POBREZA INFANTIL E DOS DIREITOS DA CRIANÇA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Fernando Ilídio Ferreira

Resumo


Este artigo discute a formação inicial de professores do 1º ciclo do ensino básico e de educadores de infância e a visibilidade e/ou invisibilidade que têm para as estudantes-futuras professoras, as questões da pobreza infantil e dos direitos das crianças, especialmente no seu contacto com as escolas no âmbito da iniciação à prática profissional e da prática de ensino supervisionadas, vulgo estágio. No período em que os dados foram recolhidos (2015), Portugal vivia as consequências económicas e sociais da crise financeira global iniciada em 2007-2008 nos Estados Unidos da América. Pretendemos abordar, aqui, algumas dessas consequências no campo educativo, após a intervenção da Troika, em 2011, e as subsequentes políticas de austeridade.

O principal objetivo deste trabalho é analisar alguns dos efeitos da crise nas escolas e na atividade docente, tomando para análise um conjunto de narrativas escritas por estudantes de cursos de educação e ensino, na Universidade do Minho, nomeadamente o Mestrado em Educação Pré-Escolar e o Mestrado em Educação Pré-Escolar e em Ensino Básico-1º Ciclo. 

Palavras-chave


Direitos, Pobreza, Criança

Texto completo:

PDF

Referências


EAPN/Eurochild. Para o bem-estar das crianças na Europa. Pobreza infantil na UE. Explicativo EAPN #4”, 2013. Disponível em: http://www.eapn.pt/publicacao/196/para-o-bem-estar-das-criancas-na-europa-pobreza-infantil-na-ue-explicativo-eapn-4.Acesso em 20 de fevereiro de 2017.

EAPN-Portugal. Indicadores sobre a pobreza. Dados Europeus e Nacionais, 2016. file:///D:/Documentos%20de%20Trabalho/Ambiente%20de%20Trabalho/Indicadores%20sobre%20a%20pobreza%20UE_PT%20Dezembro%202016_atualizacao.pdf. Acesso em 20 de fevereiro de 2016.

ELLIOTT, J. Using Narrative in Social Research. Qualitative and Quantitative Approaches. London: Sage, 2005.

FERREIRA, F. I. e FLORES, M.A. Repensar o sentido de comunidade de aprendizagem: contributos para uma concepção democrática emancipatória, in M. A. Flores & F. I. Ferreira (Orgs.). Currículo e Comunidades de Aprendizagem: desafios e perspetivas (201-248). Sto. Tirso: De Facto Editores, 2014.

FERREIRA, F. I. A escola plural e a agenda da estandardização; referências para a construção da “democracia comunicativa” e da “comunidade justa” na vida das escolas. Sensos 8, vol. IV, nº2, 25-36. 2014.

FLORES, M. A. Teacher Education Curriculum. In J. Loughran e M. L. Hamilton (Eds.). International Handbook of Teacher Education (187-230). Dordrecht: Springer Press, 2016.

HOLLWAY, W. e JEFFERSON, T. Doing Qualitative Research Differently. Free Association, Narrative and the InterviewMethod. London: Sage, 2000.

OECD. OECD Employment Outlook 2016, OECD Publishing, Paris, 2016.

DOI: http://dx.doi.org/10.1787/empl_outlook-2016-en

TIRRI, K. The last 40 years in Finnish Teacher Education. JournalofEducationforTeaching 40 (5): 600–609, 2014.

UNICEF. Children of the Recession: The impact of the economic crisis on child well-being in rich countries, Innocenti Report Card 12. Florence: UNICEF Office of Research, 2014.

UNITED NATIONS, Concluding observations on the third and fourth periodic reports of Portugal, 2014. Disponível em: http://tbinternet.ohchr.org/_layouts/ treatybodyexternal/Download.aspx?symbolno=CRC/C/PRT/CO/3-4&Lang=En. Acesso em 31 de outubro de 2015.

YOUNG, M. What Are Schools For? Educação,Sociedade&Culturas 32: 145-155. 2011.

ZEICHNER, K. Competition, Economic Rationalization, Increased Surveillance, and Attacks on diversity: neo-liberalism and the Transformation of Teacher Education in the U.S. TeachingandTeacherEducation 26: 1544–1552, 2010.

ZEICHNER, K..The Struggle for the Soul of Teaching and Teacher Education in the USA. JournalofEducationforTeaching 40 (5): 551–568, 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Leitura em Revista

Instituto Interdisciplinar de Leitura PUC - Rio
Rua Marquês de São Vicente, 225, Gávea -
Rio de Janeiro, RJ - Brasil - 22451-900
Cx. Postal: 38097 - Telefone: (55 21) 3527-1960

© 2016 iiLer PUC-Rio Todos os direitos Reservados - Webmaster responsável : Viviane Moreira