Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Leitura em Revista (L.E.R.) é umapublicação quadrimestral  da Rede de Estudos Avançados em Leitura (RELER) da Cátedra Unesco de Leitura da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

 Missão: LER tem por objetivo veicular trabalhos científicos que contribuam para o avanço da pesquisa, nas áreas da leitura e da literatura, aberta ao diálogo, à perspectiva interdisciplinar e à pluralidade de idéias.

A revista publica artigos originais de doutores de programas de pós-graduação, textos na forma de relatos de práticas e resenhas, preferencialmente de pesquisadores nas áreas da leitura e da literatura e ciências afins. L.E.R. publica textos inéditos em Português, Espanhol, Francês, Inglês e Italiano.  Trabalhos em outras línguas, se forem aceitos, serão traduzidos para o português. Os trabalhos são submetidos ao check list das normas da revista, à pré-avaliação de membro da Comissão Editorial e, se aprovados, são enviados à avaliação externa: para Artigos científicos e para relatos de práticas de dois (2) avaliadores ad hoc (peer review, double-blind review). Aceitam-se textos em formato word (doc): artigos entre 15 e 25 laudas (aproximadamente entre 40.000 e 60.000 caracteres com espaços), relatos de práticas entre 7 e 15 laudas (aproximadamente entre 20.000 e 40.000 caracteres com espaços) e resenhas com no máximo 5 laudas (15.000 caracteres com espaços).  Os textos maiores serão avaliados pela Comissão Editorial e solicita-se esse registro na submissão.  

 

Políticas de Seção

Artigos

Política padrão de seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Estudo Teórico

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Relato de pesquisa

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Relato de experiência profissional

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenha

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevistas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Editorial

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

L.E.R. publica artigos originais de doutores de programas de pós-graduação, textos na forma de relatos de práticas e resenhas, preferencialmente de pesquisadores nas áreas de leitura e literatura e ciências afins.

A revista publica textos inéditos em Português, Espanhol, Francês, Inglês e Italiano.  Trabalhos em outras línguas, se forem aceitos, serão traduzidos para o português.

Os trabalhos são submetidos, primeiramente, ao check list dos critérios da revista e depois à apreciação de membro da Comissão Editorial em pré-avaliação. São avaliados a adequação e coerência ao escopo e aos descritores da L.E.R., a relevância do tema, a formatação e a estrutura do texto, a unidade e articulação, a linguagem, a redação e a utilização das normas da ABNT/PUC Minas. Os textos aprovados pelo membro da Comissão Editorial e Editor seguem para avaliação externa.

Os textos submetidos como artigos (Dossiê e Temática Livre), que forem aprovados na pré-avaliação, são encaminhados a dois (2) avaliadores ad hoc para parecer (sistema de duplo cego ou Double-Blind Review), tomando-se como critério que sejam pesquisadores experientes na área e também tenham boa produção acadêmica. Para a seção Dossiê, verifica-se a adequação ao tema da Chamada, através do título, do resumo e palavras-chave, bem como do desenvolvimento do texto.

Os textos da seção Relatos de Práticas aprovados também são encaminhados a dois avaliadores ad hoc.

Os textos de outras Seções, além da pré-avaliação e da avaliação da Comissão Editorial, se aprovados, são dirigidos a um avaliador ad hoc para parecer.

Os membros do Conselho Editorial são convocados a analisar eventuais conflitos entre avaliações discordantes, por exemplo, sobre aprovação e recusa de publicação. Evitando-se a endogenia, L.E.R. escolhe seus pareceristas ad hoc, em cadastro renovado frequentemente, a partir da Plataforma Lattes, composto por pesquisadores que tenham excelência em pesquisa na área do texto, levando-se em consideração a ética e a abrangência nacional desses pareceristas.

A seção Artigos conta, eventualmente, com a submissão de textos traduzidos para o português (seções Dossiê ou Temática Livre), que forem avaliados como de grande relevância e que tiveram pouca circulação internacional ou divulgação no Brasil, especialmente em razão do meio de publicação, originalmente publicados em outra língua. Os textos deverão ser ampliados em algumas de suas partes de forma a atender à estrutura exigida pela revista. Também passarão pelos mesmos processos de avaliação dos demais artigos. Se aprovados, haverá a identificação da forma e da fonte originais de publicação.


 

Periodicidade

Quadrimestral - 3 números por volume.

LER também publica números especiais em razão de temas e questões emergentes.

A revista teve periodicidade semestral até 2016 e em 2017 passou a ser editada e publicada quadrimestralmente.  Os trabalhos são publicados tão logo sejam revisados e editorados, no volume e número indicados, de acordo com os pareceres (peer review) favoráveis e a aprovação do editor, em fluxo contínuo.  O fechamento da revista, e, consequentemente, do sumário e da paginação final, acontece com a publicação da apresentação.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Orientações Gerais para Submissão

Os textos devem ser submetidos na página eletrônica da revista após o cadastro como autor, seguindo-se os passos de submissão.

LER publica artigos originais de pesquisadores doutores dos diversos programas de pós-graduação, nacionais e internacionais, das áreas de leitura e literatura, e ciências afins que pesquisam temas na perspectiva dos descritores da revista e suas fronteiras. A revista considera a orientação como co-autoria nos textos em caso de doutorado.

Os textos devem ser digitados em Word, tamanho Carta (21,59 x 27,94 mm), orientação “retrato”, fonte 12, Georgia, em espaço 1,5 com as seguintes margens: superior e inferior de 2,5 cm e direita e esquerda de 3,0 cm. As citações com mais de 3 linhas devem ter recuo em 4cm, fonte 10, espaço entre linhas simples. Na editoração os textos terão diagramação no padrão gráfico da revista. Tabelas, gráficos e desenhos não podem ocupar mais de 25% do total do texto, devendo ser numerados com algarismos arábicos.

Os artigos deverão ter o mínimo de 15 e o máximo de 25 laudas (aproximadamente entre 40.000 e 60.000 caracteres com espaços). A extensão dos relatos de prática deve ficar entre 7 e 15 laudas (aproximadamente entre 20.000 e 40.000 caracteres com espaços) e as resenhas não deverão ultrapassar 5 laudas (até 15.000 caracteres com espaços). Textos maiores poderão ser autorizados, a partir da avaliação da Comissão Editorial, e o registro dessa solicitação deverá ser feito como observação na submissão. Todos os textos devem ser postados corrigidos.

A Comissão Editorial e as Editorias reservam-se o direito, em pré-avaliação, de apontar correções e complementações necessárias nos trabalhos recebidos, devolvendo-os aos autores para sua devida adequação às normas da LER. Depois do check list, da pré-avaliação de membro da Comissão Editorial, se aprovados, os textos seguem para avaliadores externos.

Todos os textos avaliados que tiverem indicação de correções obrigatórias, apontadas em parecer e/ou comentários, deverão ser revistos pelos autores e devolvidos para nova avaliação em um prazo de 10 dias úteis.

Os elementos de apresentação da autoria (última titulação, resumo da biografia, filiação institucional, cidade, estado, país, e-mail), serão informados nos metadados, no processo de submissão.  Solicita-se que, antes de transferir o trabalho, sejam retirados os dados de identificação do (s) autor (es), bem como sejam apagadas as identificações em “Arquivo/Propriedades/Resumo” do Word, de forma que a avaliação seja cega (sistema de duplo cego ou Double Blind Review).

Artigos

Exigências para os textos submetidos como Artigos:

 

Resumo

Os artigos devem vir acompanhados de um resumo bilíngue (português/ inglês), de mesmo teor, apresentando com clareza e concisão:

  • o tema do trabalho

  • os objetivos

  • a metodologia utilizada

  • as conclusões.

Exige-se que o resumo tenha necessariamente entre 150 e 200 palavras.

 

Palavras-chave

Em número máximo de 05, indicam o conteúdo do artigo e devem ser escolhidas, preferencialmente, em catálogo de vocabulário controlado, se houver tesauro na área do tema.  Devem ser separadas por ponto e vírgula.  O título e as palavras-chave também deverão ser apresentados em português e inglês.  Os textos em espanhol serão apresentados com resumo, título e palavras-chave em espanhol/inglês.

 

Estrutura dos artigos

Os artigos devem respeitar a seguinte seqüência:

  • título (curto; solicita-se não utilizar títulos longos com vírgulas e muitas pontuações)

  • título traduzido para o inglês

  • resumo

  • palavras-chave

  • abstract

  • key words (não utilizar tradução de “tradutores automáticos” da Web)

  • introdução

  • texto com subtítulos e notas de rodapé (usar numeração sequencial: exemplo: 1, 2, 2.1, 2.2, 2.3, 3, 4...)

  • conclusão

  • referências (bibliográfica e outras).

Observação:

  • não utilizar tradução automática da Web para título, abstract e key words

  • Não numerar a introdução, a conclusão e as referências.

  • Os artigos devem ter entre 10 e 20 laudas (aproximadamente entre 40.000 e 60.000 caracteres com espaços).

Comunicações

A seção “Comunicações” é um espaço para relatos sobre pesquisas em andamento (paper), relatos de experiência aplicada e entrevistas. Não tem as exigências necessárias de um artigo, porém os relatos de pesquisa e os relatos de experiência aplicada devem apresentar resumo e abstract, palavras-chave e key words.  Também não há a exigência da autoria ter a titulação de doutorado. Os trabalhos devem ter os títulos traduzidos para o inglês e o limite de páginas situa-se entre 5 e 10 laudas (aproximadamente entre 20.000 e 40.000 caracteres com espaços).  A avaliação desta seção é feita por membro da Comissão Editorial, pela editoria de seção do tema e editor. Se aprovada, na primeira fase, segue para dois avaliadores ad hoc.

Resenhas

As resenhas de livros devem apresentar: nome do autor do livro (e tradutor, se relevante), título, cidade, editora, ano da publicação, número de páginas e título do livro traduzido para o inglês.  Os elementos de identificação do autor da resenha serão registrados nos metadados, na submissão: filiação institucional, resumo da biografia e titulação máxima, e-mail, endereço para correspondência. As resenhas são avaliadas por membro da Comissão, pelo editor de seção e editor. Devem ter até 5 laudas (até 10.000 caracteres com espaços).

NORMALIZAÇÃO em LER (Referências bibliográficas)

Trechos ou informações retiradas das publicações consultadas são introduzidos no texto com o propósito de esclarecer ou completar as idéias do autor.

  • Citação livre: quando se reproduzem as idéias, sem transcrever as palavras do autor.Exemplo: Como lembra Teixeira (2005, p. 30) o diálogo inter-religioso é fundamental para o mundo atual.

  • Citação textual: transcrição literal de textos de outros autores.Exemplo: A realidade religiosa brasileira revela-se plural, um “pluralismo de tipo peculiar, que o caráter regulador do catolicismo não conseguiu disfarçar.” (SANCHIS, 1997, p. 38).

Se a citação ocupar um espaço maior que três linhas, deve ser destacada do texto, recuada em 4 cm, fonte 10, Times New Roman, em espaço entrelinhas simples, terminando com a margem direita do texto, sem aspas com a mesma referência acima (SANCHIS, 1997, p. 38).

Referências bibliográficas  (passam-se a chamar apenas Referências)

As referências devem ser dispostas em ordem alfabética pelo SOBRENOME do primeiro autor, no final do artigo e seguir as normas da ABNT e PUC Minas/Horizonte, como nos exemplos:

  • Livros - LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. Metodologia do trabalho científico. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1986.

  • Capítulos de livros - JOHNSON, W. Palavras e não palavras. In: STEINBERG, C. S. Meios de comunicação de massa. São Paulo: Cultrix, 1972. Cap. 3, p. 47-66.

  • Dissertações e teses - BITENCOURT, C. M. F. Pátria, civilização e trabalho. O ensino nas escolas paulistas (1917-1939). São Paulo, 1988. 180 f. Dissertação (Mestrado em História) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo.

  • Artigos em periódicos - ARAÚJO, V. G. de. A crítica musical paulista no século XIX: Ulrico Zwingli. ARTEunesp, São Paulo, v. 7, n. 1, p. 59-63, 1991.                     WERNECK, Humberto. Dona Chiquita: as primeiras estórias de Guimarães Rosa. Minas Gerais, Belo Horizonte, 23 nov. 1968. Suplemento Literário, p. 3.

  • Documentos eletrônicos -SILVA, I. Pena de morte para o nascituro. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 19 set. 1998. Disponível em: <<http://www.providafamilia.org/pena_morte_nascituro.htm>. Acesso em 29 set. 1998.

Obs. NÃO USAR traços ( _______. ) para SOBRENOMES repetidos. REPETIR o sobrenome.

Ex.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                               BOFF, Leonardo. A águia e galinha. Petrópolis: Vozes, 1998.

BOFF, Leonardo. Saber cuidar. Petrópolis: Vozes, 2000.


 

iiLer (Instituto Interdisciplinar de Leitura) PUC-Rio

Diretor do IILER

Alessandro Rodrigues Rocha

Vice-diretora

Gilda Carvalho

Conselho de Desenvolvimento

Eliana Yunes

Luiz Antonio Coelho

Jason Prado

Jesus Hortal Sanchez S.J.

José Raymundo Martins Romeo

Sergio Bruni

Affonso Romano de Santanna

Coordenação da Cátedra UNESCO de Leitura PUC-Rio

Érico Braga (Coordenador)

Cátedra UNESCO de Leitura PUC-Rio

Denise do Passo Ramalho

Maria Helena Ribeiro

Lucas Aere Luz

Coordenação de Articulação Institucional

Alessandro Rocha (Coordenador)

Maria Clara Cavalcanti

Luiza Trindade Oiticica

Maurício Fernandes

Coordenação Administrativa

Lucia Penteado – Coodenadora

Tecnologia

Viviane Moreira

Biblioteca do iiLer

Nanci Gonçalves da Nóbrega (Coordenadora)

Secretaria

Nádia Barbosa (Secretária)

Samuel da Silveira (Assessoria)

Pesquisador

Denise Ramalho

Francisco Camêlo